Borboletas na Janela

 

180508-OWMK76-378.jpg
Miguel Barcellar não esperava que o passado fosse invadir seu escritório, vestindo uma saia lápis, saltos Luiz XV, batom carmim e com um segredo que mudaria a sua vida.
Cinco anos atrás ele tornou-se pai. Em alguma parte do mundo, havia um filho que ele nunca conheceu, um garoto que foi entregue para adoção logo após o nascimento.
Leon cresceu entre abrigos e lares temporários, até que conheceu Elena. Histórias de vidas parecidas, criou-se um vínculo de irmãos e uma promessa: nunca se abandonarem.
E quando essa promessa parece impossível de ser mantida, o destino faz a sua mágica.
Pai e filho se encontram. 
Uma família conta a sua história.
E as borboletas voam.

Duologia Contando Estrelas

151692-OU3TTW-336.jpg
Fera e Amber estavam ansiosos pelo nascimento do seu primeiro filho, mas de repente, os sorrisos foram substituídos por lágrimas, a ansiedade por apreensão, e aquele que seria o momento mais importante das suas vidas foi sufocado pela dor. 
Hope e Liam não tinham planos de ter filhos, seus sonhos seguiam em vias opostas e quando uma gestação inesperada se coloca em seus caminhos, eles precisam improvisar.
Duas histórias entrelaçadas. 
Dois bebês que vão transformar a vida desses casais. 
Juntos eles vão aprender que dor e esperança podem caminhar lado a lado, e que você pode chegar ao fundo do poço, cabe a você se reerguer. 

Duología Contando Estrellas

Fiera y Amber estaban ansiosos por el nacimiento de su primer hijo, pero de repente, las sonrisas fueron sustituidas por lágrimas, la ansiedad por aprehensión, y aquel que sería el momento más importante de sus vidas fue sofocado por el dolor.
Hope y Liam no tenían planes de tener hijos, sus sueños seguían en vías opuestas y cuando una gestación inesperada se coloca en sus caminos, ellos necesitan improvisar.
Dos historias entrelazadas.
Dos bebés que van a transformar la vida de esas parejas.
Juntos ellos van a aprender qué dolor y esperanza pueden caminar lado a lado, y que usted puede llegar al fondo del pozo, le toca a usted rehacer.

Rafani

224440-P1BGL3-499.jpg
Bon vivant e cafajeste assumido, Sam Allencar cultiva três paixões: mulheres, sexo e vinho. Complicações nunca foram parte da sua vida, tudo o que deseja está ao alcance das suas mãos.
Até que o seu caminho se une ao de uma desconhecida.
Uma mulher com um passado marcado por traumas e uma vida construída sobre segredos e mentiras, que aprendeu ainda criança que o sentimento mais confiável é o medo, é ele que a mantém viva.
Ele não sabia o que estava em jogo, até que estivesse irreparavelmente envolvido.
Ela não sabia como contar a verdade, até que fosse tarde demais.
Incompatíveis desde o início, mas será que o amor pode curar um passado de dor?

Deixa dizer que Te Amo

213103-P02ZOS-18.jpg
Ela queria um amor para vida toda.
Ele queria aproveitar o momento.
O destino tinha outros planos.
Agora, tudo o que Gustavo quer é uma chance de dizer "eu te amo".

Café com Amor

OMJNQ10.jpg
Maria é uma jovem bailarina que sonha com um amor arrebatador, mas é obcecada por controle, por isso prefere manter-se longe das confusões do coração. Contudo, não há como fugir do amor, assim como não se pode controlá-lo. Entre aventuras e desventuras, ela vai perceber que alguns sentimentos podem ficar adormecidos por anos, e basta um reencontro para reacendê-los, ou podem surgir em um instante e incendiar a sua alma.

Trilogia Paixão Sustenida

241.jpg
Paixão Sustenida: A PRIMEIRA VEZ

João Pedro tem vinte anos, é estudante de música e durante a adolescência viveu uma grande paixão. Após ter sido dispensado pelo seu primeiro amor, prometeu que essa seria a sua primeira e última desilusão amorosa. Para se proteger do amor e das dores que podem advir de uma paixão, ele elabora uma série de regras que resumem as suas relações a sexo casual: 
1. Nunca ficar com a mesma garota mais do que três vezes; 
2. Nunca levá-las a encontros; 
3. Sexo é o único objetivo; 
4. Garotas grudentas são dispensadas após a primeira transa; 
5. Nunca ligar no dia seguinte; 
6. Nada de sair com a mesma garota mais do que uma vez por semana; 
7. Nunca, nunca, nunca, em hipótese nenhuma, dizer eu te amo. 
No entanto, quando a fidedignidade das suas regras é posta em jogo, ele terá que enfrentar a si mesmo, numa batalha entre o amor e a dor. 
Será que um coração partido é capaz de perdoar?
Paixão Sustenida: Desencontros

Na primeira vez, ela o mandou ir embora. Ele sentiu o seu coração em pedaços, distanciou-se de tudo que pudesse lembra-la e escondeu-se atrás de uma fachada de badboy, tentando sufocar uma paixão que lutava para sobreviver a qualquer custo. 
Quando Hannah foi atrás do João Pedro, dois anos após o fim do relacionamento, ela não fazia ideia de como ele havia mudado, muito menos que a sua busca pelo perdão resultaria numa inversão de papeis, e agora caberia a ela perdoar.
Paixão Sustenida: Reencontro

 

Hannah partiu sem despedidas, deixando João Pedro arrasado e atormentado por perguntas. Anos depois, o reencontro, a resposta que ele esperou anos para encontrar estava diante dos seus olhos e um paradoxo de emoções o dominava. Eles não eram os mesmos, mas algumas coisas continuavam iguais, João Pedro e sua intensidade, Hannah e sua insegurança, e uma velha conhecida de ambos: a Paixão Sustenida.

Bem me Quer

237260-P2PLN0-36.jpg
Clara percebe que a sua vida está fora dos trilhos quando Isabella, que costumava ser sua melhor amiga, distribui no colégio cópias do seu diário, revelando a todos a sua paixão por Arthur, namorado de Isabella. Diferente do que dizem, nesse caso, a ordem dos fatores altera o produto. 
Nos últimos dois anos, Clara assistiu a sua melhor amiga se transformar na sua pior inimiga: um dia Isabella estava dizendo que iria ajudá-la a se aproximar do Arthur e no outro estava aos beijos com ele. 
Clara não entende como ou o que provocou essa bagunça na sua vida, o que ela sabe é que Isabella pode ser cruel e magoá-la parece ser a sua brincadeira preferida. Por sorte, ela pode contar com amigos verdadeiros, que permanecem firmes ao seu lado, e dispostos a fazê-la perceber que, às vezes, ficamos tão fixados em algo que não percebemos os nossos próprios sentimentos.
a342424-PA9Q1F-571.jpg